segunda-feira, abril 04, 2011

Fernand Léger-Os Construtores

A enorme dimensão deste edifício foi astuciosamente representada através da técnica do corte da imagem, em cima e em baixo, de forma a parecer prolongar-se indefinidamente em ambas as direcções.Acentuadas linhas verticais e horizontais demarcam os contornos das formas estruturais contra o céu azul, realizadas em intensas cores primárias, havendo aqui alguma evidência e influência do Cubismo.Os enormes trabalhadores que se assemelham a robôs, movimentando-se sobre as vigas, e as nuvens que passam, contrastam dramaticamente em forma e em cor com o esqueleto metálico do edifício em construção.Tendo estudado e trabalhado num atelier de arquitectura, Fernand Léger, havia ficado fascinado com a tecnologia industrial e com as formas dinâmicas da maquinaria e da construção.Artista multifacetado e fascinantemente imaginativo,trabalhou em muitas área :cerâmica, vitrais, cenários para o ballet e mesmo filmes, inclusive realizou o primeiro filme 'abstracto' utilizando objectos como 'actores'.São da sua autoria os enormes morais do edifício da sede das Nações Unidas, em Nova Iorque.Fernand Léger nascido em 1881, morreu em 1955 em Gif-sur-Yvette.Esta obra denominada de "Os Construtores", foi realizada em 1950, é óleo sobre tela, tem 299,8x200 cm e pode ser vista no Museu Nacional Fernand Léger em Biot.

Sem comentários: